Escolha o idioma

Mensagem

      

Esta palavra está em( Mateus 6.6)

"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto, e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará."

O Senhor abomina ostentação, temos visto muito teatro sendo apresentado nas igrejas, as pessoas gritam, causam euforia, gritam perdão pelos meus pecados, levam os irmãos a comoção, que não é o mover do Espírito Santo, isso enquanto na igreja, mal saem e já mudaram completamente o seu comportamento, passam a ser pessoas que aceitam tudo do mundo e dentro das igrejas agem com hipocrisia, Deus chama de hipócritas, não aceita este proceder, pois não é adoração.
Estas pessoas falam, mas não sentem, o arrependimento que proclamam é falso e nem se escandalizam do que fazem.
O texto nos diz ore em secreto, fale apenas com Deus, feche a tua porta para orar, Deus é quem deve ouvir a tua oração. É dEle que vem a recompensa.
Só quando oramos com fé e a Ele nos entregamos de todo coração entendimento e espírito, estamos agradando ao Senhor, ostentação e impetuosidade não agradam a Deus, neste caso a impetuosidade é insana, vem daqueles que fazem gritarias nas igrejas, que tentam passar para outros o que nem elas estão sentindo.
O mover do Espírito Santo é gracioso, cheio de amor e sendo assim o que ocorre é que todos são tocados.
A diferença entre o toque de Deus e manifestações de ostentação são tão diferentes que até o mais cético dos presentes consegue distinguir.
As igrejas não estão imunes de profetas de profetadas, nem de manifestações do inimigo querendo enganar os filhos de Deus.
Ore em secreto e sempre que quiser, Deus irá ouvi-lo, não espere só pelo mover da igreja, tenha o seu particular com Deus, seja amigo de Deus. Amém

Pra Maria do Rocio-PROJETO LUZ DO MUNDO

Pesquisa no site

Presente de Deus

Visitantes online

Temos 153 visitantes e Nenhum membro online

Ver quantos acessos teve os artigos
2095640

TEXTOS DO PASTOR

Heróis da Fé

MENSAGEM BÍBLICA DE CURA

E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.
(Gálatas 6:9)