A JORNADA

Escolha o idioma

Cursos

Mensagem

      

NOVA JORNADA

João 3:16


“Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.
Jesus falou “Eu vim para que todos tenham vida, e vida com abundância.”
A história da humanidade é a história de um Deus que ama e deseja salvar toda sua criação, cada uma das criaturas, dando-lhes vida e vida abundante.
Só podemos entender a cruz como conseqüência de toda a vida de Jesus.
Jesus viveu para Deus e para o próximo, uma vida de amor. Olhar para a cruz fora do contexto da vida de Jesus, é distorcer sua mensagem, é não entender o propósito de Deus.
Na crucificação de Jesus temos a imagem de um Deus que é amor, solidariedade, misericórdia ele se entregou, como Filho, para, de forma clara e sem sobra de nenhuma dúvida demonstrar o seu amor por nós.
A vontade de Deus é que todas as pessoas, ao ouvirem o que Jesus pregava, se convertessem da vida descompromissada com o Evangelho e passassem, a viver como Jesus, uma vida de servidão para com Deus e para com o irmão.
E o povo daquele tempo em que Jesus “se fez homem e habitou entre nós”, tal qual o de hoje em dia, se fechou para a mensagem de Jesus, insistiu em viver uma vida fechada para o Deus apresentado por Jesus, satisfeitos com uma religião que os confortava, mas que não os libertava do egoísmo, ganância, opressão, falsas seguranças e muitas vezes, numa fé em um Deus aceito à imagem e interesses de cada um.
Os que viviam e se beneficiavam dessas coisas, sentindo-se prejudicados e ameaçados colocaram uma cruz no caminho de Jesus, no ministério e na vida de Jesus; Colocaram uma cruz buscando deter a graça salvadora de Deus... Mas a cruz não conseguiu vencer o autor da minha vida. Aleluia! Cristo reviveu e entre nós vive outra vez; O que vemos é um Deus que não se detém, não se assusta e enfrenta a ameaça que vira cruz de dor e dor de cruz.
Jesus se entrega por amor aos pecadores, aos oprimidos, aos sem-vida.
Temos um Deus que enfrentou a traição, o abandono, a solidão, a humilhação, a injustiça, a opressão, o pecado, a lei e, a morte. Esse Deus é Jesus.
A cruz nos revela ainda um Deus que enfrenta um ser humano que se nega à sua vontade, que não aceita o Evangelho e à implantação do seu Reino.
A cruz é convertida em um amor mais profundo.
Podemos até recusar o amor de Deus, não podemos impedir que Deus nos ame, não porque mereçamos, mas porque independente disto Ele nos ama.
Não olhar e entender a cruz, é não entender o amor sem medidas de Deus.
A cruz não seria possível se Deus não tivesse vindo ao mundo como homem.
A cruz não teria existido se não fosse pela fidelidade de Jesus ao projeto de salvação de Deus:
AMAR ATÉ AS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS, MESMO QUE FOSSE A MORTE, E MORTE DE CRUZ.


Pra. Maria do Rocio-PROJETO LUZ DO MUNDO 

Pesquisa no site

Presente de Deus

Promessas

Curiosidades

Devocional

Visitantes online

Temos 121 visitantes e Nenhum membro online

Ver quantos acessos teve os artigos
2090171

TEXTOS DO PASTOR

Heróis da Fé

MENSAGEM BÍBLICA DE CURA

Ele respondeu: "Se vocês tiverem fé do tamanho de uma semente de mostarda, poderão dizer a esta amoreira: 'Arranque-se e plante-se no mar', e ela obedecerá. 
Lucas 17:6

 

Contador de visitas