A JORNADA

Escolha o idioma

Mensagem

      

LIVRO II

Resultado de imagem para livro imagens

LIVRO II

NOVA JORNADA

"E, quando chegaram à multidão, aproximou-se-lhe um homem, pondo-se de joelhos diante dele e dizendo:

Senhor, tem misericórdia de meu filho, que é lunático e sofre muito; pois muitas vezes cai no fogo, e muitas vezes na água;

E trouxe-o aos teus discípulos; e não puderam curá-lo.

E Jesus, respondendo, disse: Ó geração incrédula e perversa! até quando estarei eu convosco, e até quando vos sofrerei? Trazei-mo aqui. E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou.

Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo?

E Jesus lhes disse: POR CAUSA DE VOSSA INCREDULIDADE; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.

Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.

Mateus 17: 14 a 17
 
Sabemos que muitas curas dependem da expulsão de um espírito maligno, de enfermidade. Mas, não vamos falar aqui sobre libertação, mas sobre cura.

Essa passagem é constantemente interpretada errôneamente e os dois erros mais comuns são:

- Acreditar que Jesus exaltou o poder do tal demônio, achar que esse era um demônio mais forte, por isso seria preciso jejum e oração contra ele, enquanto para outros mais fracos não haveria a mesma necessidade. Jesus apenas ressaltou que algo causou maior dificuldade para a ministração, algo diferente, não necessariamente de maior poder.

- Acreditar que você precisa estar em jejum no momento de uma ministração. Crer que você precise se preparar jejuando para algum momento especial. Quem não passou o dia inteiro em jejum para uma ministração que faria à noite? Quem não ofereceu jejum como sacrifício quando o nosso sacrifício seria inútil, sendo a cruz o único sacrifício aceitável ao Senhor?

Eu tenho aprendido pelo Senhor e compartilho com vocês enquanto eu aprendo, que nada disso é verdade.

Jesus deixou bem claro o motivo pelo qual eles não conseguiram curar a criança: a incredulidade. O maior vilão de todo cristão, especialmente perigoso se você ministra curas.... a incredulidade te impede de acessar aquilo que Jesus já consumou na cruz!

Não nos cabe fazer nada, nada mais há para ser feito! Jesus não deixou nada de fora quando disse "está consumado!". Nosso único trabalho é acessar o que Ele consumou, inclusive toda cura, pela fé.

E qual é o inimigo que destrói a sua fé? A incredulidade!

"Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte. Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.

Tiago 1: 6 e 7


E como vencer a incredulidade?

Precisamos saber que sempre teremos algum nível de incredulidade, que esta batalha não se vence nessa terra por completo. Porém, o querido Senhor Jesus nos dá a receita para reduzirmos a incredulidade.

Por que somos incrédulos? O que tira nossa fé?

Creio que o maior obstáculo para a nossa fé seja a nossa condição exageradamente humana. Nossa carne, nossos sentimentos, nossos desejos.

Estamos demasiadamente ligados às coisas do mundo natural, que determina o milagre de cura, por exemplo, como impossível.

Ao ministrar cura, nossos sentimentos afloram.... o medo de passar vergonha, o medo de não dar certo, a vaidade quando dá certo...

Isso tudo porque nossa fé está no lugar errado, nossa fé está situada em nossa carne e misturada aos nossos sentimentos, bem onde o inimigo nos atinge, onde nossas fraquezas abrem constantes brechas para as mentiras que sataná planta em nossa vida.

E se nossa fé estivesse no nosso espírito?

Em nosso espírito o inimigo não toca, não tem acesso. Nosso espírito não crê, nosso espírito sabe. Nosso espírito vem de Jesus e vai para Jesus, O conhece e habita com Ele.

Então como mudar a habitação da nossa fé, de nossa carne para o nosso espírito???

Seguindo a receita de Jesus!!! Funciona sempre...

1o - Mortificar a carne através do jejum

2o - Caminhar no espírito, orando em línguas

Uma ação tira você do lugar errado e a outra te coloca no lugar certo! Eu sugiro aqui uma alta dose de exagero!

Jejue TODO dia!

Se o jejum mortifica a carne e precisamos mortificar a carne, quanto jejum devemos fazer? Uma vez por mês? Uma vez por semana? Dia sim, dia não?

E nos outros dias sem jejum, você vai abrir mão de usar a maravilhosa ferramente criada pelo Senhor e ensinada por Jesus para mortificar a sua carne?

Eu creio que nenhum de nós, especialmente se você busca ministrar cura, possa se dar ao luxo de passar um único dia sem fazer de tudo para mortificar a carne... por isso, jejue todo dia!

Existem várias formas de jejuar, para jejuar todo dia alguns cuidados com a saúde física precisam ser tomados... apenas como exemplo, eu nunca tiro a água e mudo o jejum todo dia. Um dia sem café da manhã, um dia sem almoço, outro dia só com líquidos, outro sem açúcar.... o importante é o constante entrar e entregar um jejum. Estar conscientemente abrindo um novo dia em ação, obedecendo e seguindo o ensinamento de Jesus, para mortificar sua carne!

Ore no espírito o tempo todo!

Se você jejuar todo dia e persistir, rapidamente notará o enfraquecimento dos seus sentimentos e carnalidade. Porém, isso não basta, se você mortificar a carne e não caminhar no espírito você acabará se perdendo, estando em "lugar nenhum". Nesse caso a sensação de fracasso fará você desistir e parar com o jejum, voltando para o ponto de partida...

Como caminhar no espírito? Como andar com Ele fora do alcance do inimigo? Como acessar os mistérios que Ele quer despejar na sua vida?

Orando em línguas o tempo todo!!!!

Orar em línguas várias horas por dia permite ao Senhor te ensinar coisas que você não conseguiria aprender pelo uso de sua mente e inteligência. Dave Roberson ensina que é como se fosse um download de um computador baixando informações que por horas não fazem nenhum sentido, mas quando se completa, voc6e recebe algo novo por revelação.

Sim, orar em línguas é o caminho também para receber revelações da parte do Senhor!

Orar em línguas várias horas por dia é também obediência e submissão... imagina ficar 5, 10 horas por dia orando, sem saber o que está orando... é ou não é uma boa demonstração de confiança no Espírito Santo do Senhor?

"Dou graças a Deus por falar em línguas mais do que todos vocês. Todavia, na igreja prefiro falar cinco palavras compreensíveis para instruir os outros a falar dez mil palavras em línguas."

1 Coríntios 14: 18 e 19
 
Oração em línguas é um momento de intimidade com o Senhor. Oração em línguas não é algo para demonstrar sua espiritualidade, nem para impressionar os outros... o pastor Luiz Hermínio radicaliza dizendo que intimidade exposta recebe o nome de pornografia!

Atualmente os pastores e líderes têm grande dificuldade para convencer as pessoas a orar em línguas pelo menos 1 hora por dia.

Qualquer pessoa, se fosse dito que poderia passar apenas 1 hora por dia com algum namorado, namorada, filho ou filha acharia pouco e reclamaria.... como aceitaria então passar apenas 1 hora por dia com o Senhor? Peça mais!!!!!!

Mais uma vez, se Ele nos permite, por vontade própria, fazer algo que nos liga aos seus segredos, nos coloca andando no Espírito, nos leva onde queremos que nossa fé esteja, você pode se dar ao luxo de fazer apenas 1 hora nas 24 horas de um dia?

Você já reparou que quase tudo o que vivemos em nossa vida sequer aconteceu de verdade? Estamos sentados em um sofá ou dirigindo um carro e nossa mente viaja por situações, lembranças, preocupações, idéias de como será o futuro.... vivemos situações e mais situações quando, na verdade, nada aconteceu, estávamos apenas sentados ali! Que tal trocar isso tudo por uma conversa íntima com o Senhor, horas e mais horas todos os dias?

Quando oramos em línguas, somos a 4a pessoa da trindade, embora infinitamente menor do que as outras 3! O Espírito Santo fala com Deus Pai, em nome de Jesus e usando a nossa boca! O que pode dar errado em uma oração assim?

Perceba que o fato de você não estar entendendo é algo pequeno diante de tanta grandeza!

Jejuando todos os dias e orando em línguas o tempo todo podemos finalmente tirar nossa fé da carne e colocar nossa fé no espírito, caminhando contra a incredulidade!

Na ministração de curas temos níveis de fé e níveis de incredulidade. O Senhor Jesus já tomou sobre Seu próprio corpo todas as nossas enfermidades e levou todas as nossas doenças (Mateus 8:17), portanto  para todo aquele que pede, mais do que enviar a cura, o Senhor Deus já a providenciou, 2000 anos atrás. Isso é gato, mais do que isso... fato bíblico!

Mas, imagine uma fila de enfermos para você ministrar a cura.... certos tipos de enfermidade você já viu o Senhor Jesus curar tantas vezes que você ora com a certeza total da cura e ela acontece, por exemplo, um alinhamento de coluna ou crescimento de pernas encolhidas.

Então chega alguém com uma perna amputada e você precisa orar pelo surgimento de uma nova perna..... percebe como você se depara com um nível de fé que ainda não conquistou? Ou com um nível de incredulidade que ainda se manifesta na sua vida?

Para o Senhor, ambos os milagres são extremamente fáceis! Ambas as enfermidades o Senhor Jesus levou na cruz, vencendo-as igualmente por nós!

Assim como em Mateus 17:17, quando os discípulos já ministravam curas com facilidade e se depararam com um nível de dificuldade maior, ou com algo diferente, que requeria maior vitória sobre a incredulidade.

Creio que cabe a nós fazer tudo o que está ao nosso alcance, jejum e oração, para, de glória em glória, pararmos de ser obstáculos para o Senhor realizar através de nós TUDO o que ELE PODE FAZER. E chegar no maravilhoso ponto onde todos sem exceção serão curados pelo Senhor quando orarmos!

Quero honrar aqui a vida do Pastor Eber, do Ministério Ouvir e Crer pela ministração que acabo de escutar na internet momentos antes de escrever este artigo. Ministério muito abençoado, que o Senhor usou grandemente para me ensinar o que compartilho com vocês agora...

O louvor e a adoração ajudam a destruir nossa incredulidade!

 

Eu sempre me lembro que fé não é crer no que Jesus disse... "porão as mãos sobre os enfermos e eles ficarão curados"..... afinal, ou cremos no que o nosso Senhor falou ou estaríamos O chamando de mentiroso.

 

A fé se manifesta no agir e agir com ousadia, conforme aquilo que cremos, ou melhor, conforme aquilo que sabemos!

 

Se louvamos o Senhor Jesus (exaltando tudo o que Ele fez, faz e fará) e O adoramos (exaltando tudo o que Ele é), estamos agindo em fé.

 

Se ministramos uma cura e nenhum sinal visível aparece, louvemos ao Senhor porque o Senhor Jesus morreu e levou aquela enfermidade, porque Ele escutou nossa oração e porque Ele enviou sim a cura! Verdades maiores do que aquilo que vemos, ouvimos e sentimos!

 

Louvemos, adoremos.... melhor do que ficar pensando se aconteceu ou não (fé habitando em nossa carne e emoções) será louvar e agradecer porque o que está escrito SEMPRE é verdade (fé habitando no espírito).

 

E contamos sempre com o Senhor porque ELE:

 

".... chama à existência coisas que não existem.... "

Romanos 4:17

 

 

"... vela para que Sua palavra se cumpra"

 

 Jeremias 1:12

 

 

Minha oração é para que você seja grande em fé, derrote níveis e mais níveis de incredulidade em sua vida e seja muito mais usada ou usado pelo Senhor para ministrar curas e ganhar vidas para o senhor Jesus do que eu sou. Que você leve o evangelho a lugares que eu jamais irei e que tenha a alegria de ver uma vida se convertendo ao Senhor e Ele fazendo, através de sua ministração, um milagre de cura para confirmar a palavra que você disse!

 

 

"Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; e o Senhor cooperava com eles, confirmando-lhes a palavra com os sinais que a acompanhavam"

 

Marcos 16:20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisa no site

Presente de Deus

Promessas

Devocional

Visitantes online

Temos 236 visitantes e Nenhum membro online

Ver quantos acessos teve os artigos
2312202

TEXTOS DO PASTOR

Heróis da Fé

MENSAGEM BÍBLICA DE CURA

 

Deu-lhe o nome de Noé e disse: "Ele nos aliviará do nosso trabalho e do sofrimento de nos­sas mãos, causados pela terra que o Senhor amaldiçoou". Genesis 5:29